9 de jul de 2011

"The Music Never Stopped" - Filme que destaca o trabalho de Musicoterapia

O novo filme baseado  em um estudo de caso do Dr. Oliver Sacks ressalta a importância da musicoterapia na reabilitação de danos neurológicos. Utilizando-se do repertório do paciente, no caso bandas de rock como Beatles e Grateful Dead, a musicoterapeuta  mostra que o processo musicoterápico pode alcançar onde nada mais alcança, a neuroplasticidade.

Dirigido por Jim Kohlberg, "The Music Never Stopped" (A Música Nunca Parou), narra a viagem de um pai que ao saber que seu filho Gabriel sofre de uma grave lesão cerebral, parte em busca de um vínculo à muito perdido. Através do filme  é mostrado o progresso emocionante da música como ponte de uma melhora na qualidade de vida.
Após a operação da lesão cerebral, o leva a Dr. Dianne Daly, uma terapeuta de música (Musicoterapeuta) que tem usado seus métodos de fazer progressos significativos com as vítimas de tumores cerebrais.

Como Diane trabalha com Gabriel, ela percebe que ele é mais sensível à música da era Rock and Roll - The Beatles, Bob Dylan, e particularmente o Grateful Morto. Mesmo que ele não sabe que a época de sua música há muito tempo passou, o efeito é extraordinário, e ele começa a ser capaz de ter conversas e se expressar. Apesar de Henry de rock and roll detesta, mas está determinado a criar novas memórias e salvar seu relacionamento com seu filho, através das bandas dos anos sessenta.

Assistam o Trailer e a entrevista com:

Daniel Waller Interviews The Music Never Stopped Director Jim Kohlberg & Actor Lou Taylor Pucci, from the case study by Oliver Sacks.



Nenhum comentário:

Postar um comentário