4 de nov de 2012

O que é Normal, o que é Correto, o que é Errado?




Diante de tantas diferenças de gostos e formações culturais geradas pela transculturação interna dentro da nossa sociedade brasileira até mesmo mundial, o que é normal ou correto ao bom senso para produzir músicas.

Há melodias, sons, ruídos, harmonias e dissonâncias que para cada individuo tem uma importância e que demonstra quem ele é. A música sempre vai se transformar da mente criativa e individual do que é real a si, essencial ao que o próprio indivíduo está vivenciando, mostrando através da sonoridade a capacidade de viver.


A definição de música para Nietzsche que a música é
uma descarga de emoções”,
 já Kant, é a “linguagem das emoções”.


Vamos escrever a nossa história através dos sons que estão dentro de nós! Como diz Gupta à música é remédio que nos transforma e saúde mental “Música é remédio, música é sanidade”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário